Blog

Como cuidar dos pneus do seu carro

Como cuidar dos pneus do seu carro

Pode não ser o seu caso, mas muitas pessoas não têm o devido zelo com o carro próprio em diversos quesitos, como limpeza, manutenção frequente, realização de reparos, etc. O cuidado com o pneu, por exemplo, é passado despercebido pelos proprietários do veículo, que só se preocupam em trocá-lo quando sua vida útil chega realmente ao fim.

Os pneus são responsáveis pela segurança e conforto ao volante. Sua vida útil pode chegar em alguns casos a até 100 mil quilômetros, mas obviamente isso exige um uso correto e cuidados que requerem certa disciplina do proprietário.

Separamos 7 dicas de como cuidar do carro, principalmente dos pneus, de forma que eles durem bastante e sempre forneçam a segurança necessária para todas as condições. Confira!

1 – Calibre os pneus periodicamente

É aconselhado realizar a calibração dos pneus do carro em todas as vezes que o veículo for abastecido, ou, pelo menos, de 15 em 15 dias. A calibração ideal para cada modelo está no manual do fabricante ou pode ser consultada em um adesivo na porta do motorista. Pneus abaixo da pressão estipulada pelo fabricante além de ter a vida útil encurtada contribuem para o aumento do consumo de combustível do veículo.

A calibração adequada garante a segurança e a estabilidade do veículo e aumenta a durabilidade dos pneus. Um detalhe importante e que poucos têm conhecimento, é que os pneus devem sempre ser calibrados frios, com cerca de três quilômetros rodados.

2 – Realize um rodízio de pneus

Os pneus dianteiros e traseiros estão sujeitos a cargas diferentes e não suportam as frenagens da mesma maneira. O rodízio garante que todos os pneus do veículo possuam um desgaste similar, aumentando tanto a durabilidade como o equilíbrio. É recomendado realizar este tipo de rodízio a cada 10 mil quilômetros rodados, mas indicamos verificar também o manual do veículo, pois pode variar de carro para carro. O rodízio garante também mais estabilidade e aderência do carro em pisos secos ou molhados.

3 – Faça o alinhamento e balanceamento

Devem ser feitos sempre que o proprietário realizar o rodízio de pneus, quando o motorista sentir que o veículo tende a puxar para algum dos lados ou quando sentir trepidações no volante. O alinhamento corrige a tendência do veículo de se deslocar para um dos lados, mantendo o veículo em linha reta. Já o balanceamento corrige trepidações no volante.

Rodas alinhadas e balanceadas reduzem o desgaste desigual dos pneus, estendendo a vida útil deles. Estes dois procedimentos também devem ser feitos quando o motorista trocar os pneus usados por novos.

4 – Não se esqueça da manutenção preventiva do veículo

Realizar a manutenção de componentes, como amortecedores e molas, rolamentos, freios e rodas pode assegurar boa durabilidade aos pneus do veículo, pois cada um destes componentes atuam diretamente neles.

5 – Evite a sobrecarga

Carga em excesso pode comprometer a estrutura do pneu e acentuar o desgaste. Exceder a quantidade de carga permitida no veículo aumenta o risco de danos na estrutura interna dos pneus, reduzindo significativamente a vida útil deles.

6 – Não utilize o pneu em solos indevidos

Cada pneu é desenvolvido e indicado para um tipo de terreno. Rodar na cidade com um pneu produzido para ser utilizado em terra diminuirá a estabilidade do veículo, aumentará o consumo de combustível e o desgaste dos pneus.

7 – Evite freadas bruscas

Qualquer tipo de freada já contribui para o desgaste do pneu. No entanto, quanto mais forte ela for, maior será o dano provocado na estrutura do pneu.

Voltar